Pastoral do Batismo

COORDENADOR: GERACINA
———-

PAULO APÓSTOLO E O BATISMO

ÍNDICE:
1. PAULO É BATIZADO
2. PAULO EVANGELIZA (E BATIZA)
3. O BATISMO NAS CARTAS DE PAULO

FONTES: A BÍBLIA – LECIONÁRIO DOS RITUAIS DO BATISMO DE CRIANCASE DE ADULTOS (RICA)

1. A EXPERIÊNCIA DE PAULO: no caminho de Damasco.
At 9, 17-19 Ananias o acolhe como irmão, impõe-lhe as mãos ‘para que fiques repleto do ES’; recupera a vista; recebe o batismo; alimenta-se e sente-se reconfortado. Outra narração: 22,6: Recebe o batismo e lava-te dos teus pecados, invocando o seu nome.

2. PAULO BATIZOU?
1 Cor 1, 13-17ª: Não foi para batizar que Cristo me enviou, mas para anunciar o Evangelho. Contudo, admite ter batizado, como também revela o livro de Atos: Em Filipos Lídia e sua família: At 16,14-15; o carcereiro e sua família: At 16,33. Em Corinto At 18,8: Crispo e sua casa Em Éfeso: a comunidade só conhecia o batismo de João. Agora recebem o Espírito Santo num novo Pentecostes: At 19,1-7 (confira também At 8,15-17).

3. NAS CARTAS: TEOLOGIA DO BATISMO
Não há a preocupação de sistematizar a reflexão teológica. É teologia pé-no-chão. Reflete a prática das comunidades e tem a finalidadede esclarecê-la e orientá-la, mesmo sem resolver todos os problemas.
Pesquisando, na ordem cronológica das cartas:
1 CORÍNTIOS
1,13.15.17: já vimos 6,11: O cristão deixou para trás o velho: vos lavastes; fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus. 10,2: todos batizados em Moisés 12,13 batizados num só Espírito para ser um só corpo 15,29 batismo pelos mortos (!?) 15,49 agora levamos a imagem do homem novo! 2 CORÍNTIOS 5,17: Em Cristo somos novas criaturas
ROMANOS Vida nova no Espírito
5 A vida nova no Espírito 5 Adão e Jesus 6,3-6: o grande texto teológico, retomado pela liturgia 8,8-11 viver segundo a carne e segundo o Espírito 8,14 Espírito que nos faz filhos e herdeiros…
GÁLATAS Experiência de liberdade
3,27 batizados em Cristo, vos vestistes de Cristo 4,5-7 filhos e herdeiros, chamamos a Deus de Abba 5,1: livres 5,16-24: deixar-se agora conduzir pelo Espírito
EFÉSIOS
2,11-13: trazidos para perto, pelo sangue de Cristo 4,5 princípio de unidade: há um só batismo (veja DA 228) 4,24 Revestir o homem novo 5,8-14 Das trevas à luz
COLOSSENSES
1: Arrancados do poder das trevas e transferidos para o Reino! 3,9-10 revestir-se de Cristo
TITO
3,4-7 lavados, regenerados, renovados
Sistematizando:

A TEOLOGIA DE PAULO, CONTEMPLAÇÃO DO MISTÉRIO DE CRISTO
PAULO: um apaixonado por Cristo. Por Ele conquistado(Fl 3,12), entrega a Ele e ao anúncio do Evangelho a sua vida. Em Cristo realizam-se plenamente, aliás, vão além das expectativas, as promessas feitas ao povo de Israel. Graça e salvação se derramam sobre todas as criaturas. O agir divino em Cristorenova o ser humano. O grande evento de Cristo é sua morte e ressurreição: o mistério pascal. Paulo é o grande anunciador da morte e da ressurreição de Cristo. Centro do seu evangelho, âmago da sua sabedoria.

O QUE É O BATISMO?

O Batismo é participação a este mistério. Comecemos por este texto, o mais profundo referido ao batismo, com a leitura proclamada na noite do Sábado Santo – Vigília Pascal: Rm 3,3-4. Irmãos, será que ignorais que todos nós, batizados em Jesus Cristo, é na sua morte que fomos batizados? Pelo batismo na sua morte, fomos sepultados com ele, para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim também nós levemos uma vida nova. Batismo significa mergulho na água.
Noite da Páscoa: passagem dos hebreus pelo Mar Vermelho 1 Cor 10,1-2: Os nossos pais… todos foram batizados em Moisés… Aquela passagem foi um ‘batismo’. Entraram no mar para se libertar da escravidão; saíram das águas chegando à liberdade A Páscoa de Jesus foi seu mergulho na morte, que tentou destruí-lo; sua ressurreição foi a saída para a vida definitiva. O Batismo cristão é mergulho na morte do Senhor para com ele ressuscitar para a vida.
Por isso, o batismo por mergulho simboliza bem melhor esta passagem.
O mistério da Páscoa se torna completo com o dom do Espírito Santo: Jesus morre, ressuscita e nos comunica o Espírito. Pelo Batismo, mortos e ressuscitados com Cristo, recebemos o Espírito.
Rm 5,5: O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito santo que nos foi dado. Tinha sido a experiência do próprio Saulo: ao ser batizado por Ananias recebeu o Espírito; e Paulo viu o Espírito descer em novo Pentecostes sobre a comunidade de Éfeso (19,1-6) A Páscoa é a grandeprova de amor de Deus por nós. Recebemos o batismo para ter a certeza: Deus nos ama, pois mergulhamos na morte e ressurreição do Senhor e recebemos o Espírito em nós derramado!

OS EFEITOS DO BATISMO

Banho, Purificação, Santificação; Tornar-se justos: 1 Cor 6,11: Mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito de nosso Deus.
É o grande assunto da carta aos Romanos: ninguém é digno de salvação, pois todos são pecadores diante de Deus, tanto o judeu que conhece a Lei, mas é incapaz de observá-la quanto o pagão, que vive seguindo os instintos naturais. Deus, na sua misericórdia, a todos torna justos pelo sangue de Cristo. Rm 5, 1-2: Justificados pela fé, estamos em paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, por quem tivemos acesso, pela fé a esta graça, na qual estamos firmes e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.
Fomos arrancados ao poder do mal, fugimos da terra da escravidão, chegamos à liberdade, abriram-se para nós as portas da vida, do reino, da casa de Deus: Cl 1,13 Ele nos arrancou do poder das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.
Gl 5,1: É para a liberdade que Cristo nos libertou; 13: Vós fostes chamados à liberdade, irmãos! Somos Filhos de Deus!
Rm 8,15-17 Não recebestes um espírito de escravos para recair no temor, mas recebestes um espírito de filhos adotivos, pelo qual clamamos Abba, Pai! O próprio Espírito se une ao nosso espírito para testemunhar que somos filhos de Deus. E se somos filhos, somos também herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo. Gl 4,6-7 E porque sois filhos, enviou Deus aos nossos corações o Espírito do seu Filhos, que clama Abba, Pai! De modo que já não és escravo, mas filho. E, se és filho, és também herdeiro, graças a Deus.
Experiência de novidade radical, de nova criação 2Cor 5,17 Se alguém está em Cristo é nova criatura. Passaram-se as coisas antigas; eis que se faz uma realidade nova. Carregamos a imagem do velho homem, Adão, agora a imagem de Jesus, o homem novo (Rm 5,12-21;1 Cor 15,21ss).

Duas imagens de Paulo passaram para o Rito do batismo: a da veste nova e a da luz: Gl 3,27: Vós todos que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo. Cl 3,9-10: Vós vos desvestistes do homem velho com as suas práticas e vos revestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem do seu Criador. Ef 5,8-11: Outrora éreis treva, mas agora sois luz no Senhor. Vivei como filhos da luz. E o fruto da luz se chama: bondade, justiça e verdade. Discerni o que agrada ao Senhor. Não vos associeis às obras das trevas!

Um último texto, belíssimo e abrangente:
Tt 3,4-6: Caríssimo, manifestou-se a bondade de Deus, nosso Salvador e o seu amor pelos homens. Ele salvou-nos não por causa dos atos de justiça que tivéssemos praticado, mas por sua misericórdia, quando renascemos e fomos renovados no batismo pelo Espírito Santo, que ele derramou abundantemente sobre nós por meio de nosso Salvador Jesus Cristo. Justificados, assim, pela sua graça, nos tornamos na esperança herdeiros da vida eterna.

AS CONSEQÜÊNCIAS DO BATISMO

É o que já vimos: libertos, não recair no medo ou na escravidão; iluminados, sair das trevas e não mais compactuar com suas obras; novas criaturas, não viver à imagem do velho homem. Paulo aprofunda a reflexão: quem pertence a Cristo, se deixa conduzir por ele. Rm 8,14: Todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
Gl 5,16: Deixai-vos conduzir pelo Espírito e não satisfareis os desejos da carne… 25: Se vivemos pelo Espírito, pelo Espírito pautemos também a nossa conduta. Gl 2,19-20: Fui crucificado junto com Cristo. Já não sou eu que vivo, mas Cristo vive em mim. Minha vida presente na carne eu a vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou a si mesmo por mim.
Viver como ressuscitados: continuar a citação: Rm 6,5-11.

A vida nova em Cristo não é apenas uma experiência pessoal, individual, mas realiza o projeto de Deus de ter um povo novo, que viva a paz e a unidade. Ef 2,13: Agora, em Cristo Jesus, vós que outrora estáveis longe, fostes trazidos para perto, pelo sangue de Cristo. 1Cor 12,13: Fomos todos batizados num só Espírito para ser um só corpo, judeus e gregos, escravos e livres, e todos bebemos de um só Espírito.
Gl 3,27-28: Todos vós,que fostes batizados em Cristo, vos vestistes de Cristo. Não há judeu nem grego, não há escravo nem livre, não há homem nem mulher; pois todos vós sois um em Cristo Jesus.
Terminamos com a belíssima expressão da carta aos Efésios, onde o Batismo se torna razão e sinal da unidade da família cristã: Ef 4,4-6: Há um só Corpo e um só Espírito, assim como é uma só a esperança da vocação à qual fostes chamados; há um só Senhor, uma só fé, um só Batismo; há um só Deus e Pai de todos, que é sobretodos, age por meio de todos e está presente em todos.

——-
Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *